Press Releases


MWM É NOMEADA EM PROJETO PROMOVIDO PELO SENAI

O projeto A3 - ALAVANCAGEM DE ALIANÇAS PARA O SETOR AUTOMOTIVO
 faz parte das linhas de atuação do Programa Prioritário do Rota 2030

 

São Paulo, 05 de Agosto de 2020 – A MWM, fabricante de Motores Diesel e Grupos Geradores de energia, foi nomeada no projeto “A3 – Alavancagem de alianças para o setor automotivo”, promovido pelo SENAI – organização responsável pelo  incremento da produtividade da cadeia de fornecedores do setor automotivo, incluindo máquinas agrícolas e rodoviárias autopropulsadas, um dos cinco grupos prioritários dos projetos ligados ao PPP-Rota 2030:  Projetos e Programas Prioritários – Rota 2030.

O Programa chama-se A3 - Alavancagem de Alianças para o Setor Automotivo.
A3 pois é subdividido em 3 categorias: 

EMPREENDEDORISMO ALIANÇA INDUSTRIAL
EMPREENDEDORISMO DESAFIOS AUTOMOTIVOS
HANDS-ON: APRENDENDO FAZENDO

O programa, faz parte das linhas de atuação do Programa Prioritário do Rota 2030 para os próximos 5 anos, criado e financiado pelo Ministério da Economia. 
O SENAI foi a instituição escolhida para fazer a implementação do programa junto com as empresas âncoras e as desenvolvedoras de tecnologia.

Na primeira etapa de liberação de investimentos, a MWM, que tem o suporte da equipe do Instituto SENAI de Inovação em Manufatura Avançada e Microfabricação (Unidade do SENAI-SP), foi a única empresa do Brasil selecionada na categoria Desafio Automotivo, categoria essa que tem como objetivo, conectar médias e grandes empresas, a startups micro e pequenas empresas, através do compartilhamento de risco financeiro e tecnológico, baseado no desenvolvimento conjunto de soluções inovadoras orientadas a desafios industriais da cadeia automotiva.
Os 4 temas, selecionados pela MWM, foram baseados nas dificuldades das empresas do ramo automobilístico, pois pelo vasto conhecimento que a MWM possui nas atividades ligadas a Lean Manufacturing, os potenciais de melhoria da cadeia produtiva são conhecidos. Além disso, a MWM propôs projetos que estão relacionados com o desenvolvimento de tecnologia de Integração de sistemas da Indústria 4.0, com relação à gestão operacional, visando contribuir com conteúdo relevante, conectividade, visibilidade e transparência da informação e operações do processo produtivo, que normalmente tem um valor de desenvolvimento alto. Com o programa, a MWM irá compartilhar o risco com o SENAI e empresa proponente.

Os temas selecionados pela MWM:

1. Manufacturing Execution System (M.E.S.) – Sistema acessível financeiramente, em formato PWA (Progressive Web App), com escalabilidade e funcional / amigável a experiência do usuário;
2. Quality Execution System (Q.E.S) – Sistema para gestão integrada de aspectos da qualidade ao longo de todo o ciclo de vida do produto, agregando os requisitos que regem a indústria automotiva como exemplo IATF 16949 / VDA 6.3;
3. Advanced Planning and Scheduling (A.P.S) – Sistema para planejamento da produção integrado ao ERP, M.E.S, Q.E.S e WMS;
4. IOT para rastreamento de rack de motores, iniciativa para rastreabilidade e otimização do fluxo de manutenções preventivas, minimizando custos e riscos;

Importante ressaltar que se trata de um marco para indústria nacional, pois através desta parceria, a MWM irá desenvolver tecnologia para cadeia produtiva da indústria automobilística.

Para o Diretor da Unidade de Negócios de Operações e Qualidade da MWM, Michael Andreas Ketterer, “Esta nomeação muito nos orgulha, pois participar do edital e ser nomeados com projetos, onde poderemos compartilhar os sucessos obtidos com atividades Lean e da Indústria 4.0, e ir além, contribuindo com o progresso de toda cadeia automotiva, nos motiva a continuar a trilhar o caminho da melhoria contínua em todos os processos, produtos e serviços da MWM. Esse reconhecimento está em linha com o nosso objetivo, que sempre será prover aos nossos clientes o melhor em motorização Diesel e geração de energia e contribuir com o progresso de toda cadeia de fornecedores brasileira”.